Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Não Somos Daqui

A Neve Caindo Sobre os Cedros

Abril 02, 2020

David Guterson estreou-se em 1994 com um livro laborioso onde os temas além de variados envolveram um trabalho de casa inteligente para que, no todo, funcionasse. "A Neve Caindo Sobre os Cedros" é uma obra americana que aprendeu com a sua história literária, posto isto não tinha como não gostar.

O livro possui um enredo massivo que dividiria em três focos principais, que se entrecruzam, e dois deles existem para engrandecer o espaço central de todo o livro, o julgamento onde um pescador nativo americano, descendente de japoneses, é acusado do homicídio de um cidadão americano caucasiano. O segundo trilho narrativo a ser seguido trata o passado das personagens que estão presentes em tribunal, um passado longínquo ainda vivo e outro recente que rodeia o mistério da morte. Por fim, ocorre a exposição da questão histórica relacionada com a segunda guerra mundial, focando particularmente a batalha de Tarawa. Que implicações gerou a guerra na vida das personagens, tanto americanas e japonesas, enquanto amostra da sociedade.

Algumas influências de Guterson são claras nas escolhas dos elementos. Um livro que tem como tema central um julgamento remete-nos de imediato para Harper Lee com a sua cotovia. Uma das personagens principais chamar-se Ishmael é de forma óbvia (e assumida pelo escritor no livro) um piscar de olho ao "Moby Dick" de Melville, sendo também o mar e a pesca importantes no romance. Uma certa mística associada à luz, uma busca por um amor ideal que ficou no passado, lembra-nos "O Grande Gatsby" de Fitzgerald e a latente importância da terra que Steinbeck já enquadrava nas suas vinhas. Mais influências haverão em alguém que se lê ter sido um bom aprendiz.

2020-04-02 06.02.31 1.jpg

A história traz uma narrativa lenta, por descritiva, com uma contenção magistral e para a qual grande parte não terá disponibilidade. Quem estiver de braços abertos para a narrativa poderá deleitar-se com uma experiência sinestésica ao nível das cores. Os tempos narrativos alternam-se, imiscuindo-se num puzzle sólido, mas que por vezes deixa o limite das peças bem evidente. Não sendo uma narrativa fragmentária terá momentos de passagem abrupta, contudo sem comprometer todos os elogios que lhe posso tecer, talvez a maior fragilidade do livro. 

Racismo, amor, fé, dever e honra são temas que o escritor explora de forma exemplar sem cair no melodrama, sendo o grande tema central provavelmente a família. Para mim Guterson é um exemplo de que existem ainda escritores com boas histórias para contar e de forma competente. Tendo em conta que leio cada vez menos contemporâneos por desilusões várias, "A Neve Caindo Sobre os Cedros" é um primeiro livro que acaba por me roubar o melhor dos elogios, vale a pena ser lido até à ultima palavra.

P.S. - A adaptação cinematográfica de 1999 por Scott Hicks vale igualmente a pena. 

Quem vos escreve:

Moço que diz do sonhar ainda querer, gosta de plantas. Acha que tudo na sua vida chega tardiamente, mas chega. Em tempos já foi geek, hoje em dia acha que isso já não diz nada sobre si. Gosta de literatura, leitor assíduo e pontual, vai fotagrafando, até o que lê, sempre com opinião. Não se orgulha de nada e acha que o seu gosto é o melhor, porque é dele.

Preguiçoso, contudo nunca o assumirá pois sobrepõe o dever e responsabilidade, preterindo a mãe de todos os vícios. Adepto de correr, calistenia e já com idade para saber que nada desta vida, de tudo o que vale a pena, nos chega de forma óbvia ou fácil. Nada desta vida, porque não somos daqui.

Não somos daqui

"Não somos daqui" é um blog literal, bem, talvez não tão literal assim. Pela jornada que se inicia haverá tempo para o perceber. Tempo também para se definir terá este blog recém-nascido. Sabendo que não sou daqui, e que ele também não, não de facto, não somos daqui. Quem o disse? Provavelmente já muitos, mas a quem o tomei? Talvez ainda o diga ou haverá alguém que sabendo-o, porque não é daqui, o dirá por mim. Além da subscrição por email pode ser seguido por RSS .

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.